terça-feira, 7 de julho de 2015

Padroeiro da boa morte

Um Bispo missionário irlandês, Monsenhor O.. Hair, esteve exercendo o seu apostolado durante muitos anos na África do Sul... Numa das suas habituais caminhadas perde-se. Não sabendo o que fazer, invoca o seu Anjo da Guarda, a São José e a Nossa Senhora do Bom Conselho, e segue o seu caminho completamente desorientado. Por fim, chega a um grupo de casas. Precisamente, um camponês está nesse momento trabalhando próximo de sua casa, e diz-lhe:

- Chega num bom momento, pois na casa vizinha há um homem que está a morrer.

O Bispo apresenta-se na casa do moribundo e, à sua vista, este põe-se a chorar de alegria, exclamando:

- Eu sou irlandês. Quando era criança, minha mãe ensinou-me a rezar a São José, pedindo-lhe a graça de uma santa morte. Rezei essa oração todos os dias da minha vida. Aos 21 anos, depois de ter participado na guerra, fiquei em África. Quando adoeci, rezei a São José ainda com mais fervor, e agora o bom São José manda-me um sacerdote de forma inesperada.

No dia seguinte, o doente morreu na paz do Senhor, havendo tido uma boa morte.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...