segunda-feira, 27 de julho de 2015

Devoção dos Sete Domingos consagrados a honrar as Dores e Alegrias de São José

Devoção dos Sete Domingos a São José

Rezar devagar, meditando estas dores e alegrias:


Primeiro Domingo


A dor: quando estava disposto a repudiar a sua imaculada esposa.

A alegria: quando o arcanjo lhe revelou o sublime mistério da Encarnação.

Oração. Oh castíssimo esposo de Maria, glorioso São José, que aflição e angústia as do vosso coração na perplexidade em que estáveis sem saber se devíeis abandonar ou não a vossa esposa sem mancha! Mas qual não foi também a vossa alegria quando o anjo vos revelou o grande mistério da Encarnação!

Por esta dor e esta alegria vos pedimos consoleis o nosso coração agora e nas nossas últimas dores, com a alegria de uma vida justa e de uma santa morte semelhante à vossa, assistidos por Jesus e Maria.

Pai Nosso, Ave Maria e Glória.

Segundo Domingo

A dor: ao ver nascer o menino Jesus na pobreza.

A alegria: ao ouvir a harmonia do coro dos anjos e observar a glória daquela noite.

Oração. Oh bem-aventurado patriarca, glorioso São José, escolhido para ser pai adotivo do filho de Deus feito homem: a dor que sentistes vendo nascer o menino Jesus em tão grande pobreza, depressa se transformou em alegria celestial ao ouvir o harmonioso concerto dos anjos e ao contemplar as maravilhas daquela noite tão resplandecente.

Por esta dor e esta alegria alcançai-nos que depois do caminho desta vida possamos ir ouvir os louvores dos anjos e gozar os esplendores da glória celestial.

Pai nosso, Ave Maria e Glória.

Terceiro Domingo

A dor: quando o sangue do menino Salvador foi derramado na sua circuncisão.

A alegria: dada com o nome de Jesus.

Oração. Oh executor obedientíssimo das leis divinas, glorioso São José: o sangue preciosíssimo que o redentor Menino derramou na sua circuncisão vos trespassou o coração; mas o nome de Jesus que então se Lhe impôs, vos confortou e encheu de alegria.

Por esta dor e esta alegria alcançai-nos viver afastados de todo o pecado, a fim de expirar gozosos, com o santíssimo nome de Jesus no coração e nos lábios.

Pai Nosso, Ave Maria e Glória.

Quarto Domingo

A dor: a profecia de Simeão, ao predizer os sofrimentos de Jesus e de Maria.

A alegria: a predição da salvação e gloriosa ressurreição de inumeráveis almas.

Oração. Oh Santo fidelíssimo, que tivestes parte nos mistérios da nossa redenção, glorioso São José; apesar da profecia de Simeão acerca dos sofrimentos que deviam passar Jesus e Maria vos ter causado dor mortal, porém, também vos encheu de alegria, anunciando-vos ao mesmo tempo a salvação e ressurreição gloriosa que daí se seguiria para um grande número de almas.

Por esta dor e esta alegria consegui-nos ser do número dos que, pelos méritos de Jesus e a intercessão da bem-aventurada Virgem Maria, hão-de ressuscitar gloriosamente.

Pai Nosso, Ave Maria e Glória.

Quinto Domingo

A dor: em seu afã de educar e servir o filho do Altíssimo, especialmente na viagem para o Egipto.

A alegria: ao ter sempre com ele o próprio Deus, e vendo a queda dos ídolos do Egipto.

Oração. Oh custódio vigilante, familiar intimo do filho de Deus feito homem, glorioso São José, quanto sofrestes tendo que alimentar e servir o filho do Altíssimo, particularmente na vossa fuga para o Egipto, mas quão grande foi também a vossa alegria tendo sempre convosco o próprio Deus e vendo derrubados os ídolos do Egipto.

Por esta dor e esta alegria, alcançai-nos afastar para sempre de nós o tirano infernal, sobretudo fugindo das ocasiões perigosas, e derrubar do nosso coração todo o ídolo de afeto terreno, para que, ocupados em servir a Jesus e Maria, vivamos só para eles e morramos gozosos no seu amor.

Pai Nosso, Ave Maria e Glória.

Sexto Domingo


A dor: a regressar a Nazaré por medo a Arquelau.


A alegria: ao regressar com Jesus do Egipto a Nazaré e a confiança estabelecida pelo anjo.

Oração. Oh anjo da terra, glorioso São José, que pudestes admirar o rei dos céus, submetido aos vossos mais mínimos mandados; apesar da alegria por trazê-Lo do Egipto se ter turvado por temor a Arquelau, no entanto, tranquilizado logo pelo anjo, vivestes ditoso em Nazaré com Jesus e Maria.

Por esta dor e esta alegria, alcançai-nos a graça de desterrar do nosso coração todo temor nocivo, possuir a paz de consciência, viver seguros com Jesus e Maria e morrer também assistidos por Eles.

Pai Nosso, Ave Maria e Glória.

Sétimo Domingo

A dor: quando sem culpa perde a Jesus e O procura com angústia durante três dias.

A alegria: ao encontrá-Lo no meio dos doutores no templo.

Oração. Oh modelo de toda a santidade, glorioso São José, que tendo perdido sem culpa vossa o menino Jesus, O procurastes durante três dias com profunda dor, até que, cheio de gozo, O encontrastes no templo, em meio dos doutores.

Por esta dor e esta alegria, vos suplicamos com palavras saídas do coração, intercedais em nosso favor para que jamais nos suceda perder a Jesus por algum pecado grave. Mas, se por desgraça O perdêssemos, fazei que O procuremos com tal dor que não encontremos sossego até encontrá-Lo benigno sobretudo em nossa morte, a fim de ir gozá-Lo no céu e cantar eternamente convosco as suas divinas misericórdias.

Pai Nosso, Ave Maria e Glória.

quarta-feira, 15 de julho de 2015

Ladainha de Nossa Senhora, Esposa de São José (Bíblica)

Senhor, tende piedade de nós!

Jesus Cristo, tende piedade de nós!

Senhor, tende piedade de nós!

Deus, Pai dos Céus, tende piedade de nós!

Deus, Filho Redentor do mundo, tende piedade de nós!

Deus, Espírito Santo, tende piedade de nós!

Santíssima Trindade que sois um só Deus, tende piedade de nós!

Virgem, filha de Sião (Is 37,22; Lm 2,13), rogai por nós!

Descendente de Abraão (Mt 1,16), rogai por nós!

Glória de Jerusalém (Jt 15,1), rogai por nós!

Alegria de Israel (Jt 15,1), rogai por nós!

Arca da Aliança (Sl 131,8), rogai por nós!

Honra do nosso povo (Jt 15,1), rogai por nós!

Tabernáculo do Altíssimo (Sl 45,5), rogai por nós!

Virgem de Nazaré (Lc1,26), rogai por nós!

Esposa de José (Lc 1,27; Mc 6,3; Mt 13,55), rogai por nós!

Cheia de graça (Lc 1,26), rogai por nós!

Esposa do justo (Mt 119), rogai por nós!

Mãe do filho do Altíssimo (Lc 1,32), rogai por nós!

Mãe do filho de David (Lc 1,26), rogai por nós!

Mãe do Rei de Israel (Lc 1,33) rogai por nós!

Mãe por graça do Espírito Santo (Lc 35; Mt 1,20), rogai por nós!

Serva do Senhor (Lc 1,38), rogai por nós!

Bendita entre todas as mulheres (Lc 1,41; Jt 13,18), rogai por nós!

Mãe do Senhor (Lc 1,43), rogai por nós!

Mãe do Messias (Lc 2,11; Mt 1,16), rogai por nós!

Mãe que guardava tudo no coração (Lc 2,19), rogai por nós!

Mãe que apresentou Jesus no Templo (Lc 2,22), rogai por nós!

Mãe que os magos encontraram com o menino (Mt 2,11), rogai por nós!

Mãe que José conduziu ao Egipto (Mt 2,11), rogai por nós!

Mãe que, com José, procurou Jesus durante três dias (Lc 2,46), rogai por nós!

Mãe que encontrou Jesus no Templo (Lc 2,46-49), rogai por nós!

Virgem a quem Deus foi submisso (Lc 2,51), rogai por nós!

Mãe que obtiveste de Jesus o primeiro Milagre em Caná (Jo 2,11), rogai por nós!

Ó Bem-aventurada que escutavas a Palavra de Deus (Lc 11,28), rogai por nós!

Ó Bem-aventurada que vivias a Palavra de Deus (Lc 11,28), rogai por nós!

Ó Mãe que estavas de pé junto à Cruz (Jo 19,25), rogai por nós!

Ó Maria que perseveraste com os apóstolos em oração (At 1,14), rogai por nós!

Ó mulher revestida de sol (Ap 12,1), rogai por nós!

Ó mulher coroada de doze estrelas (Ap 12,1), rogai por nós!

Mãe sofredora da Igreja (Ap 12,2), rogai por nós!

Imagem da Jerusalém celeste (Ap 21,2), rogai por nós!

Nova Eva que, com o Filho, esmagaste a antiga serpente (Gn 3,15; Ap 12, 4-9), rogai por nós!

Cordeiro de Deus que tirais os pecados do mundo,perdoai-nos, Senhor!

Cordeiro de Deus que tirais os pecados do mundo, ouvi-nos, Senhor!

Cordeiro de Deus que tirais os pecados do mundo, tende piedade de nós!


Oração:

Senhor, nosso Deus, aquecei em nossos corações a chama de uma busca perseverante de Vossa face na oração. Que nosso repouso seja estar diante do Senhor, deixando-nos moldar à Vossa imagem, para irradiarmos ao mundo Vosso amor misericordioso. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém.

Rogai por nós, ó Maria, Esposa do Espírito Santo!

Para que sejamos dignos das promessas de Cristo!

terça-feira, 14 de julho de 2015

A oração do Papa Francisco a Jesus, Maria e José pela Família

Jesus, Maria e José,
em Vós, contemplamos
o esplendor do verdadeiro amor,
a Vós, com confiança, nos dirigimos.

Sagrada Família de Nazaré,
tornai também as nossas famílias
lugares de comunhão e cenáculos de oração,
escolas autênticas do Evangelho
e pequenas Igrejas domésticas.

Sagrada Família de Nazaré,
que nunca mais se faça, nas famílias, experiência
de violência, egoísmo e divisão:
quem ficou ferido ou escandalizado
depressa conheça consolação e cura.

Sagrada Família de Nazaré,
que o próximo Sínodo dos Bispos
possa despertar, em todos, a consciência
do caráter sagrado e inviolável da família,
a sua beleza no projeto de Deus.

Jesus, Maria e José,
escutai, atendei a nossa súplica.


Papa Francisco, 1 de Março de 2014

terça-feira, 7 de julho de 2015

Padroeiro da boa morte

Um Bispo missionário irlandês, Monsenhor O.. Hair, esteve exercendo o seu apostolado durante muitos anos na África do Sul... Numa das suas habituais caminhadas perde-se. Não sabendo o que fazer, invoca o seu Anjo da Guarda, a São José e a Nossa Senhora do Bom Conselho, e segue o seu caminho completamente desorientado. Por fim, chega a um grupo de casas. Precisamente, um camponês está nesse momento trabalhando próximo de sua casa, e diz-lhe:

- Chega num bom momento, pois na casa vizinha há um homem que está a morrer.

O Bispo apresenta-se na casa do moribundo e, à sua vista, este põe-se a chorar de alegria, exclamando:

- Eu sou irlandês. Quando era criança, minha mãe ensinou-me a rezar a São José, pedindo-lhe a graça de uma santa morte. Rezei essa oração todos os dias da minha vida. Aos 21 anos, depois de ter participado na guerra, fiquei em África. Quando adoeci, rezei a São José ainda com mais fervor, e agora o bom São José manda-me um sacerdote de forma inesperada.

No dia seguinte, o doente morreu na paz do Senhor, havendo tido uma boa morte.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...