domingo, 10 de maio de 2015

Rosário em honra de São José (Segunda Forma)

+ Em nome do Pai, do Filho e do Espírito santo. Ámen.

Primeiro Mistério:

Contemplamos a São José, O Homem Justo aos olhos de Deus.

(Mt. 1, 18-20. 24)

O nascimento de Jesus Cristo foi assim: Maria, sua mãe, estava comprometida com José e, quando ainda não tinham vivido juntos, concebeu um filho por obra do Espírito Santo. José, seu esposo, que era um homem justo e não queria denunciá-la publicamente, resolveu abandoná-la em segredo.
Enquanto pensava nisto, o Anjo do senhor apareceu-lhe em sonhos e disse-lhe: "José, filho de David, não temas receber Maria, tua esposa, porque o que nela se gerou provém do Espírito Santo. Ela dará à luz um filho, ao qual porás o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo de todos os seus pecados".
Tudo isto sucedeu para que se cumprisse o que o Senhor tinha anunciado pelo Profeta: "A virgem conceberá e dará à luz um filho a quem porão o nome de Emanuel, que significa: "Deus connosco".
Ao despertar, José fez o que o Anjo do Senhor lhe tinha ordenado e recebeu em sua casa a sua esposa. E sem que tivessem coabitado deu à luz um filho ao qual José pôs o nome de Jesus.

Reflexão:

São José aderiu, com total confiança, ao projeto de Deus para ele. E nós, deixamos-nos guiar nas nossas opções pela Palavra de Deus?

Pai Nosso, 10 Ave Maria, Glória...

Segundo Mistério:

Contemplamos a São José, O Esposo Virginal de Maria Santíssima.

(Lc. 1, 34-38)

Maria então disse ao Anjo: "Como poderei ser mãe, se não convivo com nenhum homem?".
O Anjo respondeu-lhe:"O Espírito Santo descerá sobre ti e o poder do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra. Por isso o menino será santo e será chamado Filho de Deus. Também a tua parente Isabel concebeu um filho apesar da sua velhice, e a que era considerada estéril já se encontra no seu sexto mês, porque não há nada impossível a Deus".
Maria disse então:"Eu sou a serva do Senhor; que se cumpra em mim o que disseste": E o Anjo afastou-se.

Reflexão:

A Sagrada Família de Nazaré seja para todas as famílias modelo de união, virtudes domésticas e santidade.

Pai Nosso, 10 Ave Maria, Glória...

Terceiro Mistério:

Contemplamos a São José, Emigrante Cheio De Confiança, na fuga para o Egipto.

(Mt. 2, 13-15)

Depois da partida dos Magos, o Anjo do Senhor apareceu em sonhos a José e disse-lhe: "Levanta-te, toma o menino e sua mãe, foge para o Egipto e permanece aí até que eu te avise, porque Herodes vai procurar o menino para o matar".
José levantou-se de noite, tomou o menino e sua mãe, e partiu para o Egipto.
Aí permaneceu até à morte de Herodes, para que se cumprisse o que o Senhor tinha anunciado pelo Profeta: "Do Egipto chamei o meu filho".

Reflexão:

Os pais cristãos devem pôr o seu maior cuidado em educar e defender os seus filhos. Pode haver muitos "Herodes" no mundo de hoje.

Pai Nosso, 10 Ave Maria, Glória...

Quarto Mistério:

Contemplamos a São José, O Sábio Chefe da Sagrada Família.

(Lc. 2, 51- 52; Mt. 13, 54-55a)

E Jesus regressou com seus pais a Nazaré e vivia sujeito a eles. Sua mãe conservava cuidadosamente todas estas coisas no seu coração.
Jesus ia crescendo em sabedoria, em estatura e em graça diante de Deus e dos homens.
Jesus, voltando à sua pátria, ensinava na sinagoga, de tal modo que todos se diziam maravilhados: "De onde lhe vêem a ele esta sabedoria e estes milagres? Não é ele o filho do carpinteiro?".

Reflexão:

Uma família rege-se também pela presença sábia, atenta e carinhosa do pai. O diálogo entre pais e filhos e a oração em comum ajudarão a família e descobrir e realizar o projeto de Deus.

Pai Nosso, 10 Ave Maria, Glória...

Quinto Mistério:

Contemplamos a São José, Fiel Observador das festas de guarda.

(Lc. 2, 41-43)

Os pais de Jesus iam todos os anos a Jerusalém pela festa da Páscoa. Quando o menino cumpriu doze anos, subiram como de costume, e, acabada a festa, Maria e José regressaram, mas Jesus permaneceu em Jerusalém sem que eles tivessem percebido".

Reflexão:

A religião deve viver-se também em família. Os pais não devem dizer aos filhos: "Vão à missa... vão à igreja... vão confessar-se... façam as vossas orações!". Os pais devem antes dizer:"Vamos à missa... vamos confessar-nos... rezemos juntos as orações!". A vida familiar é uma vida de comunhão.

Pai Nosso, 10 Ave Maria, Glória...

Para terminar: + Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Ámen.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...