quinta-feira, 30 de abril de 2015

Rosário em honra de São José (Primeira Forma)

Esta forma de rezar o rosário é uma maneira de unir na oração que fazemos à Virgem Maria também os mistérios da vida de São José, de maneira que contemplando e amando estes dois grandes santos, se acrescente a nossa devoção para com eles e obtenhamos as graças que de Deus imploramos.


Primeira forma

+ Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Ámen.

Oração:

Oh São José, que com amor trabalhastes a madeira para nesta vida, vida passageira, proverdes à vossa família o pão de cada dia; oh São José, agora no céu com Cristo, que crucificado no madeiro deu vida eterna ao homem, ensinai-nos a encontrar nos afazeres de cada dia o caminho para Deus. Ámen.

Os cinco mistérios:

1 - Pelo tempo em que esperastes a Maria, dai-nos a virtude para em silêncio pacientemente esperarmos, oferecei-nos paciência e paz para as nossas vidas e nas nossas dificuldades.

Pai Nosso, três Ave Maria, Glória e a jaculatória:

Amado São José fazei crescer em nós a fé, que nela procuraremos a esperança e a caridade.

2 - Por aceitardes Maria mesmo quando não compreendíeis a situação, ajudai-nos a sermos pessoas justas como vós e a amarmos com entrega total.

3 - Por aceitardes a paternidade de Jesus, dai-nos a virtude de cumprirmos sempre a vontade de Deus.

4 - Pelo dia em que tudo deixastes para trás para salvardes o vosso Filho, dai-nos a virtude de cumprirmos o que Deus nos peça e de vivermos, como vós, em santa obediência.

5 - Pelo dia em que encontrastes o vosso filho falando com sabedoria e calastes, dai-nos a virtude de calarmos e aprendermos a ouvir ao que fala em nome de Deus.

Oração:

Vós, São José, patrono das famílias, protetor da Igreja, defensor da infância e fiel guardião das mães, ajudai-nos a alcançar as virtudes gloriosas do vosso coração na castidade, na prudência, na justiça e na humildade. Ámen.

Para terminar: Rezamos por toda a Igreja e pelo Santo Padre e suas intenções:

Pai Nosso, três Ave Maria e Glória. Salve Rainha.

Para terminar: + Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Ámen. 


terça-feira, 21 de abril de 2015

Ajuda do céu

Sucedeu em Shangai (China) em 1934. O advogado Lo Pa Hong, cristão fervoroso e pai de nove filhos, regressava a casa ao fim do dia e viu um homem caído no chão. Chamou um coolie para o levar ao hospital mais próximo, mas não o quiseram receber. Então, o bom samaritano pegou ele mesmo nele e levou-o para sua casa para ser cuidado. Mas, a partir desse dia, Lo Pa Hong começou a pensar em construir um hospital para doentes pobres. Conhece um cemitério abandonado que serve para depurar águas residuais. Aí, quando a noite cai, vão algumas mulheres para abandonarem os seus bebés, que depois serão despedaçados e devorados pelos cães. Compra o terreno e começa a construir; mas depressa tem que parar a construção por falta de fundos.

Encomenda-se então a São José e coloca a sua imagem no meio do terreno, pedindo-lhe que o ajude. Depois põe-se a pedir ajuda e recebe tanto dinheiro que pode não só terminar a construção do hospital como também continuar a construir mais hospitais, um orfanato, um lar para mulheres em risco, um centro para cegos, outro para inválidos, uma escola profissional para jovens, uma escola de artes e ofícios e trinta e três capelas por toda aquela região.

Além disso, como catequista, prepara e baptiza duzentas pessoas, algumas delas condenadas à morte e baptizadas antes da execução.


Lo Pa Hong parecia incansável e continuou a trabalhar até ao dia 30 de Dezembro de 1937. Aos 64 anos de idade morreu mártir da caridade, assassinado por dois homens contratados. Um santo do nosso tempo. São José permitiu-lhe realizar uma obra de caridade sem igual em pouco tempo.

domingo, 19 de abril de 2015

Adoráveis orações

A vós acudimos, oh bondoso São José: quando nos sentimos tristes, quando a cruz nos pesa demasiado para continuarmos a caminhar, quando a doença e a angústia chegam à nossa vida... só nos resta dizer: rogai por nós glorioso São José. Ámen.

sábado, 11 de abril de 2015

Adoráveis orações

Como cuidastes do vosso Menino Jesus, cuidai também de nós, Amado São José, Patrono da Igreja!

quinta-feira, 9 de abril de 2015

Ajuda de São José

"Quem nas suas tribulações ou doenças do corpo ou do espírito recorrer a São José com confiança, alcançará o que pedir, pois ele é a consolação dos infelizes, a esperança dos enfermos, o terror dos demónios e de outros males... Isto testemunha-o uma sua devota que, sofrendo de sinusite crónica e com epistaxe (hemorragia nasal) frequente, obteve a cura desta doença. Estou muito grata ao nosso querido São José. Por isso publico esta graça, para que também vós recorrais sempre a ele, sem medo". 

Religiosa anónima
(Testemunho retirado da revista Cruzada, Janeiro 2012)

quarta-feira, 8 de abril de 2015

Devoção em honra das dores e alegrias de São José

Introdução

Toda a vida de São José foi um ato continuo de fé e obediência nas circunstâncias mais difíceis que lhe calhou afrontar como pai adotivo de Jesus. Ele é, como dizem as Escrituras: "o administrador fiel e solicito a quem o Senhor pôs à frente da sua família" (Lc 12,42). Desde os primeiros séculos, a Igreja tem venerado e invocado São José como continuador nela da missão que um dia desempenhou cuidando de Jesus e de Maria. Nos momentos de dificuldade, o exemplo de José é um estimulo inquebrantável para a aceitação sem reservas da vontade de Deus. Para estimular a devoção e para solicitar a sua ajuda, aqui fica um piedoso exercício de oração com as suas sete dores e alegrias.

Pelo sinal da Santa Cruz, livre-nos Deus nosso Senhor, dos nossos inimigos.
+ Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Ámen.

Ato de contrição

Oferecimento:

Glorioso Patriarca São José, eficaz consolo dos aflitos e refúgio seguro dos moribundos, dignai-vos aceitar o oferecimento deste exercício que rezamos em honra das vossas sete dores e alegrias. E assim como na vossa feliz morte, Jesus Cristo e sua mãe Maria vos assistiram e consolaram tão amorosamente, assim também nos assistais nesse transe, para que, não faltando nós à fé, à esperança e à caridade, nos tornemos dignos, pelos méritos do sangue de nosso Senhor Jesus Cristo e o vosso patrocínio, de alcançarmos a vida eterna, e portanto a vossa companhia no Céu. Ámen.

Primeira dor e alegria

Esposo de Maria, glorioso São José, que aflição e angústia as do vosso coração na perplexidade em que estáveis sem saber se devíeis abandonar ou não a vossa esposa! Mas que alegria também a vossa quando o anjo vos revelou o grande mistério da Encarnação!

Por esta dor e esta alegria nós vos pedimos que consoleis o nosso coração agora e nas nossas últimas dores, com a alegria de uma vida justa e de uma santa morte, semelhante à vossa, assistido por Jesus e Maria.

Pai Nosso, Ave Maria e Glória.

Segunda dor e alegria

Bem-aventurado patriarca São José, escolhido para ser pai adotivo do Filho de Deus feito homem, a dor que sentistes vendo nascer o Menino Jesus em tão grande pobreza, mudou-se em alegria celestial ao ouvireis o harmonioso concerto dos anjos e ao contemplareis as maravilhas daquela noite tão resplandecente.

Por esta dor e esta alegria alcançai-nos que depois do caminho desta vida possamos ir ouvir os louvores dos anjos e gozar a glória celestial.

Pai Nosso, Ave Maria e Glória.

Terceira dor e alegria

Executor obediente das leis divinas, glorioso São José, o sangue precioso que o Redentor Menino derramou na sua circuncisão trespassou-vos o coração, mas o nome de Jesus que então se Lhe impôs, confortou-vos e encheu-vos de alegria.

Por esta dor e por esta alegria alcançai-nos que vivamos afastados de todo o pecado, a fim de expirarmos gozosos com o nome de Jesus no coração e nos lábios.

Pai Nosso, Ave Maria e Glória.

Quarta dor e alegria

Santo fiel, que tivestes parte nos mistérios da nossa redenção, glorioso São José, apesar da profecia de Simeão acerca dos sofrimentos que deviam passar Jesus e Maria, vos ter causado imensa dor, no entanto também vos encheu de alegria, anunciando-vos ao mesmo tempo a salvação e ressurreição gloriosa que daí se seguiria para um grande número de almas.

Por esta dor e por esta alegria, alcançai-nos ser do número dos que pelos méritos de Jesus e pela intercessão da Virgem Maria hão-de ressuscitar gloriosamente.

Pai Nosso, Ave Maria e Glória.

Quinta dor e alegria

Custódio vigilante do Filho de Deus feito homem, glorioso São José, quanto sofrestes tendo que alimentar e servir o Filho de Deus, particularmente na fuga para o Egipto; mas que grande foi também a vossa alegria por teres sempre convosco ao próprio Deus.

Por esta dor e por esta alegria, alcançai-nos afastarmos para sempre de nós o espírito do mal, sobretudo fugindo das ocasiões de pecado, e derrubarmos no nosso coração todo o ídolo de afeto terreno, para que ocupados em servir a Jesus e Maria, vivamos só para eles e morramos gozosos no seu amor.

Pai Nosso, Ave Maria e Glória.

Sexta dor e alegria

Glorioso São José, que pudestes admirar o Rei dos céus submetido aos vossos mais minimos mandados, apesar da alegria por tê-Lo trazido de volta do Egipto se ter visto turvada por temor a Arquelau, no entanto, logo tranquilizado pelo Anjo, vivestes feliz em Nazaré com Jesus e Maria.

Por esta dor e por esta alegria, alcançai-nos a graça de desterrarmos do nosso coraçao todo o temor, de possuirmos a paz de consciência, de vivermos seguros com Jesus e Maria e de morrermos também assistidos por eles.

Pai Nosso, Ave Maria e Glória.

Sétima dor e alegria

Modelo de toda a santidade, glorioso São José, que tendo perdido sem culpa vossa o Menino Jesus, o procurastes durante três dias com profunda dor, até que cheio de alegria o encontrastes no templo entre os doutores.

Por esta dor e por esta alegria, nós vos suplicamos com palavras saidas do coração, intercedais em nosso favor para que não nos aconteça jamais perder a Jesus por algum pecado grave. Mas se por desgraça O perdermos, fazei que O procuremos com tanta dor que não nos deixe descansar até encontrá-Lo favorável, sobretudo na nossa morte, a fim de irmos gozar no céu e cantar eternamente convosco as suas divinas misericórdias.

Pai Nosso, Ave Maria e Glória.

Antifona

Jesus tinha perto dos 30 anos e era tido por filho de José. Rogai por nós São José, para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Oração final

Oh Deus, que com inefável providência Vos dignastes escolher o bem-aventurado São José por esposo de vossa Santíssima Mãe, nós Vos pedimos nos concedais ter como intercessor no céu aquele que na terra veneramos como protetor. Vós que viveis e reinais pelos séculos dos séculos. Ámen.

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Consagração a São José, Patrono da Igreja

Glorioso São José, escolhido por Deus
como pai adotivo de Jesus,
esposo da Virgem Maria e chefe
da Sagrada Família, e invocado como
patrono da Igreja Universal,
eu me dirijo a vós neste momento e,
com grande confiança,
imploro a vossa ajuda para toda a Igreja.

Protegei, com o vosso amor
verdadeiramente paternal,
o Vigário de Cristo,
todos os Bispos e Sacerdotes,
unidos à Sede de Pedro.

Defendei os que trabalham
pela construção do vosso Reino,
em entrega total e em meio
de sacrifícios até ao martírio
e fazei que todos os povos da terra
formem um só rebanho na Igreja,
povo de Deus,
o sacramento de salvação para todos.

Dignai-vos também, meu querido São José,
aceitar a consagração que faço
da minha pessoa.

Eu me ofereço a vós para que sejais meu pai,
meu protetor e meu guia no caminho para o Pai.
Alcançai-me grande amor e pureza de coração,
preocupação ardente pela vida interior
e santificação no meu estado de vida.

Fazei que, seguindo o vosso exemplo,
todas as minhas obras sejam para maior glória de Deus,
em união com o Coração Divino de Jesus,
com o Coração Imaculado de Maria
e convosco.

Ámen.

domingo, 5 de abril de 2015

Adoráveis orações

Senhor Jesus, que vivestes em família com Maria e José, concedei-nos que as nossas famílias tenham uma casa digna na que nunca falte o pão suficiente e o necessário para uma vida verdadeiramente humana. Ámen.

sexta-feira, 3 de abril de 2015

A propósito de São José...

Deus encomendou-lhe a imensa responsabilidade e privilégio de ser esposo da Virgem Maria e custódio da Sagrada Família. É por isso o santo que mais próximo está de Jesus e de Maria. Nosso Senhor Jesus Cristo foi chamado "filho de José" (João 1:45; 6:42; Lucas 4:22) o carpinteiro (Mateus 12:55). São José é chamado o "Santo do silêncio". Não se conhecem palavras proferidas por ele, apenas conhecemos as suas obras, os seus atos de fé, amor e de proteção como pai responsável. José foi "santo" desde antes dos esponsais. Um "escolhido" de Deus. Desde o inicio recebeu a graça de discernir os mandatos do Senhor. Modelo de pai e esposo, patrono da Igreja Universal, dos trabalhadores, de infinidade de comunidades religiosas e da boa morte.

quinta-feira, 2 de abril de 2015

Oração a São José pelas famílias

Glorioso São José,
pai adotivo de Jesus Cristo,
e esposo da Virgem Maria,
volvei o vosso olhar bondoso
sobre as nossas famílias.

Protegei-as como protegestes
a Família de Nazaré.

Abençoai os pais, 
para que saibam dirigir o lar
com prudência e firmeza,
procurando a felicidade de cada um.

Abençoai os filhos, para que sejam a honra
e a esperança dos pais.

Que não falte, nos nossos lares,
o carinho e o amparo que todos necessitam.

Abençoai todos os membros
da nossa família,
para que formemos uma família
como a vossa em Nazaré.

Pelo amor que tivestes
ao vosso Filho adotivo,
velai sobre os nossos filhos.

Pelo carinho que tivestes
a vossa santíssima Esposa,
Maria mãe de Jesus,
amparai as mães das nossas famílias, 
para que protejam a vida.

Livrai as famílias cristãs
dos males que hoje as ameaçam.

Ajudai-nos a fugir do abismo 
que destrói os laços sagrados 
que unem as famílias cristãs.
Ámen.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...