quinta-feira, 19 de março de 2015

Quem é São José?

Qual de nós não quererá saber algo, saber tudo quanto seja possível acerca de São José: quem foi o Santo, a história da sua vida e as virtudes extraordinárias que O ornaram?
Quantos anos viveu, qual era o seu aspeto, que terra lhe foi berço, onde morreu e que lugar ocupa no Paraíso, exaltado acima de todos os coros angélicos? Estas são perguntas cujas respostas todos quereriam conhecer. É verdade que São José é o homem mais obediente, mais humilde, mais sábio, mais santo, mais ilustre que tem a Santa Igreja.
O sangue de inumeráveis Reis e heróis corria nas suas veias. Com este sangue tão nobre herdou toda a grandeza e virtudes dos seus antepassados. Depois de Nossa Senhora, é São José a criatura mais alta e mais santa no Céu e, depois da dignidade de Mãe de Deus, a de José, como Pai Putativo de Jesus e Esposo puríssimo da Virgem Maria, é a mais sublime que Deus tem dado a criatura alguma. A ele foi outorgada, pelo Pai Eterno, toda a autoridade paternal sobre o Seu Divino Filho na terra; e Jesus obedecia-lhe como o mais submisso e carinhoso Filho. Deus também incutiu no seu coração todo o amor, todos os instintos, toda a imensa ternura de um verdadeiro pai, e no Coração Sagrado de Jesus infundiu todo o amor, toda a afeição filial para com ele; de forma que nunca houve na terra um pai que tanto amasse um filho e nunca houve um filho que tanto amasse seu pai como São José amava Jesus e Jesus amava São José.
Da mesma forma nunca houve esposo que tanto amasse a sua esposa, nem esposa que tão ternamente amasse seu esposo como São José amava a Virgem Maria e Maria Santíssima amava São José. Também é certo que nunca houve família tão feliz como a Sagrada Família de Nazaré, composta de Jesus, Maria e José, a Trindade na Terra.
São José, assim como foi incomparavelmente mais santo do que os Patriarcas, os Profetas, os Mártires, os Confessores e as Santas Virgens, assim também recebeu mais graças e mais privilégios do que todos eles.
O seu poder junto de Deus é omnipotente porque Deus não lhe recusa nada que ele Lhe peça. Recorramos a São José.


Fonte: O Grande São José/Editorial Apostolado do Rosário

1 comentário:

  1. São José, pai adotivo de Jesus e meu, intercedei por mim e alcançai-me junto do vosso Jesus a graça de engravidar e ser mãe. Amém.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...