quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Tríduo a São José

Este tríduo pode começar-se o dia 17 de cada mês para terminar o dia 19.

Pelo sinal...

V. Benditos e louvados sejam os dulcíssimos nomes de Jesus, Maria e José.

R. Amém.

Oração inicial para todos os dias

A vós recorremos, bondoso Patriarca, e com todo o fervor do nosso afligido coração vos pedimos que, desde o trono de glória em que vos colocaram as vossas virtudes e merecimentos, escuteis propício as nossas súplicas e tenhais piedade de nós.

Humildemente confessamos que as nossas tribulações são pena das nossas culpas; por isso, com dor de coração, pedimos a Deus perdão de todas elas. Alcançai-no-lo, amorosíssimo São José, e pelo amor que professastes a Jesus e Maria e pela autoridade que sobre eles exercestes cá na terra, intercedei agora por nós no céu, escutando as nossas petições e apresentando-as vós mesmo a vossa Esposa imaculada e a vosso Divino Filho para que sejam favoravelmente despachadas, para maior glória de Deus e santificação da nossa alma. Amém.

Lembrai-vos, oh! castíssimo esposo da Virgem Maria e amável protetor meu São José, que jamais se ouviu dizer que alguém tenha invocado a vossa proteção e implorado o vosso auxilio sem ter sido por vós consolado. Cheio, pois, de confiança no vosso poder, venho à vossa presença e encomendo-me a vós com todo o fervor. Não desprezeis as minhas súplicas, mas dignai-vos acolhê-las piedosamente. Amém.

Oração final para todos os dias

Gloriosissimo Patriarca São José, castíssimo Esposo da Mãe de Deus; ao vosso amparo acudimos, não desatendais as nossas súplicas e livrai-nos de todos os perigos.

V. Bendito Patriarca São José, rogai por nós.

R. Para que sejamos dignos da graça que imploramos.

Santíssima Virgem Maria, Mãe de Deus e nossa Mãe, uni vossos rogos aos do vosso castíssimo Esposo e pelos maternais cuidados que dispensastes ao Menino Jesus, intercedei e rogai por nós para que sejamos dignos de alcançar a graça que pedimos.

Sacratíssimo Coração de Jesus, ouvi benigno as súplicas de Maria, cheia de graça, e de José, varão justo, para que por sua intercessão alcancemos o favor solicitado, se for para maior honra e glória vossas e bem das nossas almas. Vós que viveis e reinais por todos os séculos dos séculos. Amém.

Dia 1º

Começar com a oração preparatória para todos os dias.

Aqui nos tendes na vossa gloriosa presença, doce protetor nosso São José, implorando o vosso eficaz patrocínio. Lançai, oh grande Santo, um olhar amoroso sobre nós, miseráveis filhos de Eva, e alcançai-nos a graça que vos pedimos e as Virtudes da humildade, pureza e obediência, a felicidade de morrer assistidos por Jesus, pela vossa Esposa e por vós, para vos bendizer e louvar no céu eternamente. Amém.

Peça-se a graça que se deseja . Rezar sete Pai Nosso e Ave Maria em memória das 7 dores e alegrias de São José.

Terminar com a oração final para todos os dias. 

Dia 2º

Começar com a oração preparatória para todos os dias.

Aos vossos pés nos prostramos com o mais humilde afeto, oh incomparável protetor nosso São José, confiando no vosso eficaz patrocínio. Lançai, oh grande Santo, um olhar amoroso sobre nós, miseráveis pecadores filhos de Eva, e alcançai-nos a graça que vos pedimos juntamente com as três virtudes  de terna piedade, gratidão aos divinos benefícios e firme confiança em Deus, que tanto e com tanto fruto praticastes vós mesmo, a fim de que enriquecidos com elas, possamos expirar docemente nos braços de Jesus e Maria, e louvá-los depois em vossa companhia no céu, por toda a eternidade. Amém.

Terminar como no primeiro dia.

Dia 3º

Começar com a oração preparatória para todos os dias.

Prostrados ante vós, insigne protetor nosso São José, acudimos também hoje em demanda do vosso eficaz patrocínio. Lançai, oh grande Santo, um olhar amoroso sobre nós, miseráveis filhos de Eva, e apresentai as nossas súplicas ao Pai Eterno, cujas vezes fizestes na terra tutelando o seu Divino Filho; oferecei-as também ao Espírito Santo, de quem fostes representante como Esposo de Maria; apresentai-as, por fim, ao Filho para que sejam benignamente atendidas pela Santísssima Trindade, objeto de todo o nosso amor, agora e sempre, por todos os séculos. Amém.

Terminar como no primeiro dia.

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Decreto de S.S. o Papa Pio IX proclamando São José como Patrono da Igreja


À Cidade e ao Mundo
Da mesma maneira que Deus havia constituído José, gerado do patriarca Jacó, superintendente
de toda a terra do Egito para guardar o trigo para o povo, assim, chegando a plenitude dos tempos,
estando para enviar à terra o seu Filho Unigênito Salvador do mundo, escolheu um outro José, do
qual o primeiro era figura, o fez Senhor e Príncipe de sua casa e propriedade e o elegeu guarda dos
seus tesouros mais preciosos.
De fato, ele teve como sua esposa a Imaculada Virgem Maria, da qual nasceu pelo Espírito Santo,
Nosso Senhor Jesus Cristo, que perante os homens dignou-se ter sido considerado filho de José, e
lhe foi submisso. E Aquele que tantos reis e profetas desejaram ver, José não só viu, mas com Ele
conviveu e com paterno afeto abraçou e beijou; e além disso, nutriu cuidadosamente Aquele que o
povo fiel comeria como pão descido dos céus para conseguir a vida eterna. Por esta sublime
dignidade, que Deus conferiu a este fidelíssimo servo seu, a Igreja teve sempre em alta honra e glória
o Beatíssimo José, depois da Virgem Mãe de Deus, sua esposa, implorando a sua intercessão em
momentos difíceis.
E agora, nestes tempos tristíssimos em que a Igreja, atacada de todos os lados pelos inimigos, é de
tal maneira oprimida pelos mais graves males, a tal ponto que homens ímpios pensam ter finalmente
as portas do Inferno prevalecido sobre ela, é que os Veneráveis e Excelentíssimos Bispos de todo o
mundo católico dirigiram ao Sumo Pontífice as suas súplicas e as dos fiéis por eles guiados,
solicitando que se dignasse constituir São José como Patrono da Igreja Católica. Tendo depois no
Sacro Concílio Ecumênico do Vaticano insistentemente renovado as suas solicitações e desejos, o
Santíssimo Senhor Nosso Papa Pio IX, consternado pela recentíssima e funesta situação das coisas,
para confiar a si mesmo e os fiéis ao potentíssimo patrocínio do Santo Patriarca José, quis satisfazer
os desejos dos Excelentíssimos Bispos e solenemente declarou-o Patrono da Igreja Católica,
ordenando que a sua festa, marcada em 19 de março, seja de agora em diante celebrada com rito
duplo de primeira classe, porém sem oitava, por causa da Quaresma.
Além disso, ele mesmo dispôs que tal declaração, por meio do presente Decreto da Sagrada
Congregação dos Ritos, fosse tornada pública neste santo dia da Imaculada Virgem Maria, Mãe de
Deus e Esposa do castíssimo José.
Rejeite-se qualquer coisa em contrário.
08 de dezembro de 1870.
Cardeal Patrizi,
Prefeito da Sagrada Congregação dos Ritos, Bispo de Ostia e Velletri.

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

CONGREGAÇÃO PARA O CULTO DIVINO 
E A DISCIPLINA DOS SACRAMENTOS
DECRETO
com o qual se acrescenta o nome de São José 

nas Orações Eucarísticas II, III e IV do Missal Romano


Pelo seu lugar singular na economia da salvação como pai de Jesus, São José de Nazaré, colocado à frente da Família do Senhor, contribuiu generosamente à missão recebida na graça e, aderindo plenamente ao início dos mistérios da salvação humana, tornou-se modelo exemplar de generosa humildade, que os cristãos têm em grande estima, testemunhando aquela virtude comum, humana e simples, sempre necessária para que os homens sejam bons e fiéis seguidores de Cristo. Deste modo, este Justo, que amorosamente cuidou da Mãe de Deus e se dedicou com alegre empenho na educação de Jesus Cristo, tornou-se guarda dos preciosos tesouros de Deus Pai e foi incansavelmente venerado através dos séculos pelo povo de Deus como protector do corpo místico que é a Igreja.
Na Igreja Católica os fiéis, de modo ininterrupto, manifestarem sempre uma especial devoção a São José honrando solenemente a memória do castíssimo Esposo da Mãe de Deus como Patrono celeste de toda a Igreja; de tal modo que o Beato João XXIII, durante o Concílio Ecuménico Vaticano II, decretou que no antiquíssimo Cânone Romano fosse acrescentado o seu nome. O Sumo PontíficeBento XVI acolheu e quis aprovar tal iniciativa manifestando-o várias vezes, e que agora o Sumo Pontífice Francisco confirmou, considerando a plena comunhão dos Santos que, tendo sido peregrinos connosco neste mundo, nos conduzem a Cristo e nos unem a Ele.
Considerando o exposto, esta Congregação para o Culto Divino e Disciplina dos Sacramentos, em virtude das faculdades concedidas pelo Sumo Pontífice Francisco, de bom grado decreta que o nome de São José, esposo da Bem-aventurada Virgem Maria, seja, a partir de agora, acrescentado na Oração Eucarística II, III e IV da terceira edição típica do Missal Romano. O mesmo deve ser colocado depois do nome da Bem-aventurada Virgem Maria como se segue: na Oração Eucarística II: "ut cum beata Dei Genetrice Virgine Maria, beato Ioseph, eius Sponso, beatis Apostolis", na Oração Eucarística III: "cum beatissima Virgine, Dei Genetrice, Maria, cum beato Ioseph, eius Sponso, cum beatis Apostolis"; na Oração Eucarística IV: "cum beata Virgine, Dei Genetrice, Maria, cum beato Ioseph, eius Sponso, cum Apostolis".
Para os textos redigidos em língua latina utilizam-se as fórmulas agora apresentadas como típicas. Esta Congregação ocupar-se-á em prover à tradução nas línguas ocidentais mais difundidas; para as outras línguas a tradução deverá ser preparada, segundo as normas do Direito, pelas respectivas Conferências Episcopais e confirmadas pela Sé Apostólica através deste Dicastério.
Nada obste em contrário.
Sede da Congregação para o Culto Divino e Disciplina dos Sacramentos, 1 de Maio de 2013, São José Operário.

Antonio Card. Cañizares Llovera

Prefeito

 + Arthur Roche

Arcebispo Secretário




FÓRMULAS QUE CORRESPONDEM AO NOME DE SÃO JOSÉ

Formulae quae ad nomen Sancti Joseph spectant
in Preces eucharisticas II, III et IV Missalis Romani inserendae,
linguis anglica, hispanica, italica, lusitana, gallica, germanica et polonica exaratae

Probatum
Ex aedibus Congregationis de Cultu Divino et Disciplina Sacramentorum, die 1 mensis Maii 2013.
+ Arturus Roche

Archiepiscopus a Secretis


Anglice

In Eucharistic Prayer II:
"that with the Blessed Virgin Mary, Mother of God, with blessed Joseph, her Spouse, with the blessed Apostles...";


In Eucharistic Prayer III:

"with the most Blessed Virgin Mary, Mother of God, with blessed Joseph, her Spouse, with your blessed Apostles and glorious Martyrs...";


In Eucharistic Prayer IV:

"with the Blessed Virgin Mary, Mother of God, with blessed Joseph, her Spouse, and with your Apostles...".


Hispanice

En la Plegaria eucarística II:
«con María, la Virgen Madre de Dios, su esposo san Josélos apóstoles y...»;


En la Plegaria eucarística III:
«con María, la Virgen Madre de Dios, su esposo san Josélos apóstoles y los mártires...»;


En la Plegaria eucarística IV:
«con María, la Virgen Madre de Dios, con su esposo san Josécon los apóstoles y los santos...».


Italice

Nella Preghiera eucaristica II:
«insieme con la beata Maria, Vergine e Madre di Dio, con san Giuseppe, suo sposocon gli apostoli...»;


Nella Preghiera eucaristica III:
«con la beata Maria, Vergine e Madre di Dio, con san Giuseppe, suo sposocon i tuoi santi apostoli....»;


Nella Preghiera eucaristica IV:
«con la beata Maria, Vergine e Madre di Dio, con san Giuseppe, suo sposocon gli apostoli...».


Lusitane

Na Oração Eucarística II:
"com a Virgem Maria, Mãe de Deuscom São José, seu esposoos bem-aventurados Apóstolos...";


Na Oração Eucarística III:
"com a Virgem Santa Maria, Mãe de Deuscom São José, seu esposoos bem-aventurados Apóstolos...";


Na Oração Eucarística IV:
"com a bem-aventurada, Virgem Maria, Mãe de Deuscom São José, seu esposoos Apóstolos...".


Gallice

Dans la Prière eucharistique II:
« avec la Vierge Marie, la bienheureuse Mère de Dieu, avec saint Joseph, son épouxles Apôtres ... »;

Dans la Prière eucharistique III:« auprès de la Verge Marie, la bienheureuse Mère de Dieu, avec saint Joseph, son épouxles Apôtres ... »;

Dans la Prière eucharistique IV:
« auprès de la Vierge Marie, la bienheureuse Mère de Dieu, auprès de saint Joseph, son épouxdes Apôtres ... ».


Germanice

Eucharistisches Hochgebet II:
"mit der seligen Jungfrau und Gottesmutter Mariadem seligen Joseph, ihrem Bräutigam,mit deinen Aposteln...";


Eucharistisches Hochgebet III:
"mit der allerseligsten Jungfrau und Gottesmutter Mariamit dem seligen Joseph, ihrem Bräutigammit deinen heiligen Aposteln...";


Eucharistisches Hochgebet IV:
"mit der seligen Jungfrau und Gottesmutter Mariamit dem seligen Joseph, ihrem Bräutigammit deinen Aposteln...".


Polonice

II Modlitwa eucharystyczna:
«z Najświętszą Bogurodzicą Dziewicą Maryjąze świętym Józefem, Jej Oblubieńcemze świętymi Apostołami...»;


III Modlitwa eucharystyczna:
«z Najświętszą Dziewicą, Bogurodzicą Maryjąze świętym Józefem, Jej Oblubieńcemze świętymi Apostołami...»;


IV Modlitwa eucharystyczna:
«z Najświętszą Dziewicą, Bogurodzicą Maryjąze świętym Józefem, Jej Oblubieńcemz Apostołami...».


terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Oração de São Bernardo a São José

Lembrai-vos de nós, ó bem-aventurado São José, e ajudai-nos com vossas orações e intercessão junto daquele que quis ser chamado vosso Filho. Tornai-nos também propicia a bem-aventurada Virgem vossa esposa, Mãe do Redentor, que vive e reina com o Pai e o Espírito Santo por todos os séculos dos séculos. Assim seja.


sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Oração à Sagrada Família

Amorosíssimo Jesus, que com vossas admiráveis virtudes e com os exemplos de vossa vida doméstica, santificastes a família por vós escolhida neste mundo, dignai-vos lançar vosso piedoso olhar sobre esta nossa família, aqui prostrada diante de vós para implorar a vossa misericórdia. Lembrai-vos que esta família vos pertence, porque a vós se dedicou e consagrou de um modo especial. Assisti-a, benigno, defendei-a de todos os perigos, socorrei-a nas suas necessidades e dai-lhe a graça de perseverar na imitação de vossa santa família, para que, servindo-vos fielmente e amando-vos neste mundo, possa louvar-vos eternamente no paraíso. Maria, Mãe dulcíssima, recorremos à vossa intercessão, confiados em que vosso divino Filho ouvirá as nossas orações. E vós também, glorioso patriarca São José, socorrei-nos com vossa poderosa mediação, e oferecei nossos votos a Jesus pelas mãos de Maria. Amém.

300 dias de indulgência para as famílias que se consagrarem à Sagrada Família. Para fazer esta consagração basta rezar a oração seguinte:



Consagração à Sagrada Família

Jesus, Maria, José, Sagrada Família de Nazaré, modelo das famílias cristãs, a vós consagramos nossa família. Recebei-a debaixo de vossa proteção e fazei reinar nela o amor de Deus, a caridade fraternal, a conformidade nas penas da vida, para que todos cheguem à eterna bem-aventurança. Amém.

Jesus, Maria, José, iluminai-nos, socorrei-nos, salvai-nos. Amém.

domingo, 23 de novembro de 2014

Orações para implorar o patrocínio de São José em todas as aflições

                                                                            I

Nas angústias deste vale de lágrimas, a quem havemos de recorrer nós miseráveis senão a vós, glorioso São José, a quem a Rainha dos anjos, vossa amantíssima Esposa, consignou todos os seus tesouros para que em nosso proveito os guardásseis? Ide a meu Esposo José, parece dizer-nos Maria Santíssima, ele vos consolará e aliviando-vos do mal que vos aflige vos dará a alegria e felicidade.
Ó glorioso São José, pelo ardentíssimo amor que tivestes a uma Esposa tão digna e amável, tende compaixão de nós.

P. N., A. M. e G. Patri.

                                                                             II

Temos certamente ofendido a divina justiça com os nossos pecados, e merecemos os mais severos castigos. Qual será o nosso abrigo? Qual o porto em que estaremos seguros? Ide a José, parece dizer-nos Jesus, ide a José a quem eu sempre como a Pai obedeci. Todo o meu poder lho comuniquei a fim de que se sirva dele para vosso bem.
Ó glorioso São José, pelo ardentíssimo amor que tivestes a um Filho tão respeitável e querido, tende compaixão de nós.

P.N., A. M. e G. Patri.

                                                                             III

Confessamos que os nossos pecados chamam sobre nós os mais pesados flagelos: qual será para nós a arca de salvação? Qual o iris propicio que em tal angústia nos sirva de conforto? Ide a José, parece dizer-nos o eterno Pai, ide a José que fez as minhas vezes para com o meu Filho. Se eu lhe confiei o meu Filho, fonte de todas as graças, todas as graças em suas mãos depositei.
Ó glorioso São José, pelo ardentíssimo amor que tivestes ao Eterno Deus, tão liberal para convosco, tende compaixão de nós.

P. N., A. M. e G. Patri.


quarta-feira, 12 de novembro de 2014

São José Educador - catequese do Papa Francisco

CIDADE DO VATICANO, quarta-feira, 19 de março de 2014

"Queridos irmãos e irmãs, bom dia!

Hoje, 19 de março, celebramos a festa solene de São José, Esposo de Maria e Patrono da Igreja universal. Dediquemos, então, esta catequese a ele, que merece todo o nosso reconhecimento e a nossa devoção por como soube proteger a Virgem Santa e o Filho Jesus. O ser guardião é a caracteristica de José: é a sua grande missão, ser guardião.

Hoje gostaria de retomar o tema da proteção segundo uma perspetiva particular: a perspetiva educativa. Olhemos para José como o modelo de educador, que protege e acompanha Jesus em seu caminho de crescimento "em sabedoria, idade e graça", como diz o Evangelho. Ele não era pai de Jesus: o pai de Jesus era Deus, mas ele cumpria o papel de pai de Jesus, fazia-se pai de Jesus para fazê-lo crescer. E como o fez crescer? Em sabedoria, idade e graça.

Partamos da idade, que é a dimensão mais natural, o crescimento físico e psicológico. José, junto com Maria, tomou conta de Jesus antes de tudo deste ponto de vista, isto é, "criou-O", preocupando-se que não lhe faltasse o necessário para um desenvolvimento sadio. Não esqueçamos que o cuidado fiel da vida do Menino incluiu também a fuga para o Egipto, a dura experiência de viver como refugiado - José foi um refugiado, com Maria e Jesus - para escapar da ameaça de Herodes. Depois, uma vez de volta à pátria e estabelecidos em Nazaré, há todo o longo período da vida de Jesus em sua família. Naqueles anos, José ensinou a Jesus também o seu trabalho e Jesus aprendeu a ser carpinteiro como seu pai José. Assim, José criou Jesus.

Passemos à segunda dimensão da educação, aquela da "sabedoria". José foi para Jesus exemplo e mestre desta sabedoria, que se nutre da Palavra de Deus. Podemos pensar em como José educou o pequeno Jesus a escutar as Sagradas Escrituras, sobretudo acompanhando-O ao sábado à sinagoga de Nazaré. E José o acompanhava para que Jesus escutasse a Palavra de Deus na sinagoga.

E, enfim, a dimensão da "graça". São Lucas sempre diz referindo-se a Jesus: "A graça de Deus era com Ele" (2,40). Aqui, certamente, a parte reservada a São José é mais limitada em relação aos âmbitos da idade e da sabedoria. Mas seria um grave erro pensar que um pai e uma mãe não podem fazer nada para educar os filhos a crescer na graça de Deus. Crescer em idade, crescer em sabedoria, crescer na graça: este é o trabalho que José faz com Jesus, fazê-lo crescer nestas três dimensões, ajudá-lo a crescer.

Queridos irmãos e irmãs, a missão de São José é certamente única e irrepetível, porque absolutamente único é Jesus. E, todavia, em seu proteger Jesus, educando-O para crescer em idade, sabedoria e graça, ele é modelo para todo educador, em particular para todo pai. São José é o modelo de educador e de pai, de pai. Confio, então, à sua proteção todos os pais, os sacerdotes - que são pais - e aqueles que têm um dever educativo na Igreja e na sociedade. De modo especial, gostaria de saudar hoje, dia do pai, todos os pais, todos os pais: saúdo-vos de coração! Vejamos: há algum pai na Praça? Levantem a mão, os pais! Mas quantos pais! Parabéns, parabéns pelo vosso dia. Peço para vocês a graça de ser sempre muito próximos dos vossos filhos, deixando-os crescer, mas próximos, próximos! Eles precisam de vocês, da vossa presença, da vossa proximidade, do vosso amor. Sejam para eles como São José: guardiões do seu crescimento em idade, sabedoria e graça. Guardiões do seu caminho; educadores, e caminhem com eles. E com esta proximidade, vocês serão verdadeiros educadores. Obrigado por tudo aquilo que fazem pelos vossos filhos: obrigado. A vocês parabéns e boa festa do pai a todos os pais que estão aqui, a todos os pais. Que São José vos abençoe e vos acompanhe. E alguns de nós perdemos o pai, o Senhor o chamou; tantos que estão na Praça e não têm pai. Podemos rezar por todos os pais do mundo, pelos pais vivos e também pelos falecidos, e pelos nossos, e podemos fazê-lo juntos, cada um recordando o seu pai, vivo ou falecido. E rezemos ao grande Pai de todos nós, o Pai. Um "Pai Nosso" pelos nossos pais: Pai Nosso....


E parabéns aos pais!"

Esta matéria apresentando a catequese dirigida pelo Papa Francisco aos grupos de peregrinos do mundo inteiro reunidos na Praça de São Pedro para a audiência geral de 19 de março de 2014, foi-me gentilmente enviada pelo Pe Jean Poul Hansen do blogue:

Bem-aventurada Nhá Chica (aqui)

Padre da Diocese de Campanha, no sul de Minas Gerais, Brasil, e ao serviço da Diocese da Guarda, em Portugal.

terça-feira, 11 de novembro de 2014

Oração a São José para antes da comunhão

Oh! São José, que vos entregastes ao serviço de Jesus e de Maria e lhes fostes fiel até à morte, ensinai-me a tratar a Jesus com amor e a recebê-lo na comunhão com um coração puro. Amém.


quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Um pobre peregrino a São José

Venho do Céu e para o Céu voltarei. Mas, e entretanto?... Entretanto vivo desterrado neste vale miserável... longe... muito longe da minha pátria celestial, em contínuo perigo de não chegar jamais, se não souber vencer a dura prova à qual estou submetido aqui em baixo. Sempre carregado de cruzes e sempre afligido, conto os anos... e os meses... e até os dias que ainda me faltam para suspirar ao Céu. Por agora os meus gozos são as cruzes, o meu conforto é o padecer, a minha vida são as lágrimas, sem que me falte porém a querida esperança de alcançar o Paraíso, quando se acabe a minha peregrinação sobre a terra.
Nesta terrível luta de contínua aspiração a uma felicidade verdadeira, acorrentado a uma vida de constantes padecimentos, sinto-me obrigado a acudir a vós, querido e amável São José, a fim de que volvais o vosso olhar para mim, pobre peregrino neste vale de lágrimas.
Nesta confiança de ser ouvido parece-me ouvir já dos vossos lábios: ânimo, oh meu querido peregrino... não te aflijas, nem te abatas... o Paraíso será teu... sofre ainda um pouquinho. Fixa o teu olhar em Jesus agonizante por teu amor!... Espera-te... sim, espera-te o Céu.

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Ladainha do Irmão André

Senhor, tende piedade de nós.
Jesus Cristo, tende piedade de nós.
Senhor, tende piedade de nós.
Jesus Cristo, ouvi-nos.
Jesus Cristo, atendei-nos.
Deus Pai celestial - tende piedade de nós.
Deus Filho, redentor do mundo - tende piedade de nós.
Deus Espírito Santo - tende piedade de nós.
Santíssima Trindade, que sois um só Deus - tende piedade de nós.

Santa Maria, Mãe de Deus - rogai por nós.
Santa Maria, Nossa Senhora das Dores - rogai por nós.
São José - rogai por nós.
Esposo da Mãe de Deus - rogai por nós.
Patrono da Igreja Universal e de Santa Cruz - rogai por nós.
Santo Irmão André Bessette - rogai por nós.
Santo Irmão André, trabalhador incansável - rogai por nós.
Santo Irmão André, irmão amigo - rogai por nós.
Santo Irmão André, homem de grande responsabilidade - rogai por nós.
Santo Irmão André, homem bondoso e devoto - rogai por nós.
Santo Irmão André, homem de Deus - rogai por nós.
Santo Irmão André, modelo de piedade e de caridade - rogai por nós.
Santo Irmão André, servidor do povo humilde - rogai por nós.
Santo Irmão André, religioso silencioso - rogai por nós.
Santo Irmão André, apóstolo de São José - rogai por nós.
Santo Irmão André, testemunha de amor e fraternidade - rogai por nós.
Santo Irmão André, modelo de grande confiança em Deus - rogai por nós.
Santo Irmão André, religioso de grande fé e perseverante oração - rogai por nós.
Santo Irmão André, servo de Deus que vivia em função dos outros - rogai por nós.
Santo Irmão André, primeiro Santo da Congregação de Santa Cruz - rogai por nós.

Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo - perdoai-nos Senhor.
Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo - ouvi-nos Senhor.
Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo - tende piedade de nós.

Rogai por nós, santo Irmão André.
Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Oremos:

Senhor, que escolhestes o santo Irmão André para difundir a devoção a São José e auxiliar a todos os aflitos, concedei-nos a graça de imitar a sua piedade e caridade, para que com ele possamos compartilhar a recompensa prometida a todos aqueles que cuidam do seu próximo por causa do amor por Vós. Por Jesus Cristo, nosso Senhor. Amém.


segunda-feira, 13 de outubro de 2014

André Bessette. Um amigo. Um irmão. Um santo.

O irmão André, nascido Alfred Bessette, é sem dúvida alguma um dos quebequianos mais conhecidos e populares do século XX. Ainda antes de ter sido canonizado, em 2010, já a reputação de santidade do irmão André tinha passado as fronteiras e marcado as gerações.

Inicialmente porteiro do colégio de Notre-Dame e depois guardião do lugar de oração que surgiu e cresceu sobre o monte Royal, o humilde religioso acolheu milhares de pessoas sofredoras em busca de esperança. A todas essas pessoas ele ouviu amavelmente, recomendando-lhes sempre que rezassem a São José, em quem ele punha toda a sua confiança. Numerosas curas miraculosas tiveram lugar e milhares de corações se abriram a Deus por meio do irmão André. Hoje, o santo irmão André continua a ser uma inspiração e um amigo para as mulheres e os homens de todos os lugares e religiões.

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Breve oração a São José

Bendita seja a grandeza
Que o Senhor vos concedeu,
Pois por Esposa vos deu
A celestial Princesa.

Por dignidade tão excelsa,
José, esposo de Maria,
Vos peço desde este dia
Com todo o meu coração
Que me olheis com compaixão
E assistais em minha agonia.

Amém.

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Consagração breve a São José

São José, eu vos consagro as minhas alegrias e os meus sofrimentos, todos os meus bens, o que sou e o que tenho, o meu corpo e a minha alma. Eu me consagro, cheio de confiança, à vossa benevolência e proteção. Sou filho vosso, tende compaixão de mim. Levai-me em vossos braços, os mesmos braços que levaram o Filho de Deus. Amém.

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

São José, modelo dos humildes

" São José é o modelo dos humildes, que o cristianismo eleva a grandes destinos; São José é a prova de que para ser bons e autênticos seguidores de Cristo não se necessitam "grandes coisas", mas antes se requerem somente as virtudes comuns, humanas, simples, mas verdadeiras e autênticas".

Beato João Paulo II, "Redemptoris Custos" Nº 24


terça-feira, 9 de setembro de 2014

São José, ajudai-me a ter a vossa atitude

São José, vós que apesar das vossas inseguranças pessoais soubestes aceitar docilmente o Plano de Deus assim que tomastes conhecimento dele, ajudai-me a ter essa mesma atitude para responder sempre e em todo o lugar ao que o Senhor me peça. Amém.

terça-feira, 19 de agosto de 2014

Carta de Escravidão a São José

Ó José santíssimo, Pai e Senhor meu, eu N..., prostrado aos vossos pés, me ofereço e constituo por escravo vosso, como o sou de Jesus Sacramentado e de Maria Santíssima concebida sem pecado original desde o primeiro instante do seu Ser, para que assim tenha sempre no meu coração a todos os meus três Senhores: Jesus, Maria e José, e em sinal desta escravidão vos pagarei, dulcíssimo Pai e Senhor meu, o tributo diário, rezando sete vezes o Pai Nosso e a Ave Maria, em memoria das sete dores e sete alegrias que tivestes em companhia de vossa amada Esposa. Suplico-vos, piadosissimo Pai, me olheis com olhos de misericórdia e recebais no número dos vossos ditosos escravos, e por vossas santíssimas penas me livreis das que se me podem oferecer neste vale de lágrimas, e por vossas santíssimas alegrias alcanceis à minha alma o gozo de uma boa consciência, santa vida e ditosa morte, na qual por vossa intercessão goze eu, santíssimo Pai meu, dos favores e assistência de Jesus, Maria e José, para que em tal companhia, consolado e perdoadas minhas culpas, vá ver-vos e louvar-vos eternamente no Céu. Ámen.

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

As sete dores e alegrias de São José e breve consagração.


Dor: ao ver Maria com sinais de ter concebido.
Alegria: ao ouvir a explicação do Anjo.

Pai Nosso, 
Ave Maria,
Glória.


Dor: ao não encontrar em Belém mais asilo do que um estábulo.
Alegria: ao ver a Jesus nascido.

Pai Nosso,
Ave Maria,
Glória.


Dor: ao ver que se derramava o Sangue do Salvador na circuncisão.
Alegria: pela imposição do Nome de Jesus.

Pai Nosso,
Ave Maria,
Glória.


Dor: pela profecia de S. Simeão.
Alegria: pelos louvores do mesmo, e de Santa Ana.

Pai Nosso,
Ave Maria,
Glória.


Dor: pela perseguição de Herodes.
Alegria: ao ver cair os ídolos do Egipto.

Pai Nosso, 
Ave Maria,
Glória.


Dor: ao inteirar-se que Arquelau reinava na Judeia.
Alegria: por achar-se seguro em Nazaré.

Pai Nosso,
Ave Maria,
Glória.


Dor: por ter perdido a Jesus.
Alegria: por encontrá-Lo de novo.

Pai Nosso,
Ave Maria,
Glória.


Breve consagração a São José:

Santíssimo Patriarca São José, pelo afeto que vos uniu à Virgem Imaculada, pelo amor paternal que professastes ao Menino Jesus, dignai-vos velar sobre a nossa existência até ao último suspiro. Amén.

sábado, 9 de agosto de 2014

Motivos para venerar São José

Vê quantos motivos para venerar São José e para aprender da sua vida: foi um varão forte na fé...; sustentou a sua família - Jesus e Maria - com o seu trabalho esforçado...; guardou a pureza da Virgem, que era sua Esposa...; e respeitou - amou! - a liberdade de Deus, que fez a escolha, não só da Virgem como Mãe, mas também dele como Esposo de Santa Maria.

Forja,552

terça-feira, 29 de julho de 2014

Jaculatórias

"Concedei-nos, sagrado José, que sempre sob a vossa proteção possamos passar as nossas vidas sem pecado".

"São José, Pai adotivo de Jesus e verdadeiro Esposo de Maria sempre virgem, rogai por nós".

"São José, modelo e patrono daqueles que amam o Sagrado Coração de Jesus, rogai por nós".


quarta-feira, 16 de julho de 2014

S. José, um homem justo

"José era um artesão da Galileia, um homem como tantos outros. E que pode esperar da vida um habitante de uma aldeia perdida, como era Nazaré? Apenas trabalho, todos os dias, sempre com o mesmo esforço. E, no fim da jornada, uma casa pobre e pequena, para recuperar as forças e recomeçar o trabalho no dia seguinte.

José era efetivamente um homem corrente, em quem Deus confiou para realizar coisas grandes. Soube viver exatamente como o Senhor queria todos e cada um dos acontecimentos que compuseram a sua vida. Por isso, a Sagrada Escritura louva José, afirmando que era justo. E, na língua hebreia, justo quer dizer piedoso, servidor irrepreensível de Deus, cumpridor da vontade divina; outras vezes significa bom e caritativo para com o próximo".

Cristo que passa, 40


quinta-feira, 10 de julho de 2014

São José, protetor da família

Glorioso São José, protetor, modelo e guia das famílias cristãs: eu vos rogo que protejais a minha. Fazei reinar nela o espírito de fé e de religião, a fidelidade aos mandamentos de Deus e da Igreja, a paz e a união entre todos, o desprendimento dos bens temporais e o amor aos assuntos do céu.
Dignai-vos velar sobre todos os nossos interesses. Rogai ao Senhor que abençoe a nossa casa. Outorgai aos filhos o acerto na escolha de um estado de vida.
Concedei a todos os membros da nossa família e de todas as famílias da terra, a graça de viver e morrer no amor de Jesus e de Maria. Amém.


quarta-feira, 9 de julho de 2014

Oração a São José para pedir graças no dia a dia

Santíssimo Patriarca São José, Pai adotivo de Jesus, virginal Esposo de Maria, dispensador das graças e meu verdadeiro Pai e senhor em todo o perigo e necessidade, como dizia a vossa querida filha e devota, Santa Teresa de Jesus. Ensinai-me a orar e alcançai-me de Jesus e de Maria, que não sabem negar-vos coisa alguma, a graça de viver e morrer santamente como vós e a que vos peço para este dia, se for para maior glória de Deus e bem da minha alma. Amém.

terça-feira, 24 de junho de 2014

Ave José (outra)

Ave José, pai adotivo do Menino Jesus, bendito sois vós entre todos os homens, benditos os vossos braços que carregaram o Senhor. São José, nosso pai e senhor, protegei-nos dos nossos inimigos e levai-nos até às portas do céu. Amém.



quinta-feira, 22 de maio de 2014

Oração a São José para antes do estudo

Amável protetor meu, bondoso São José, o estudo é para mim, frequentemente, uma tarefa difícil e cansativa. Tu podes torná-lo fácil e agradável. Ámen.



quarta-feira, 21 de maio de 2014

S. José, obtende-me o auxílio do Divino Espírito

Varão prudente que não vos apegastes às seguranças humanas mas sempre estivestes aberto a responder ao inesperado, obtende-me o auxílio do Divino Espírito para que viva eu também prudentemente desprendido das seguranças e bens terrenos.


terça-feira, 20 de maio de 2014

Oração a São José para pedir um emprego

São José, abri-me uma porta!
José, esposo de Maria e pai adotivo de Jesus, atendei esta súplica que brota do mais intimo do meu coração: abri-me uma porta!...
Só vós sabeis e conheceis, bom José, os momentos de dificuldade que eu (diga o seu nome) e a minha família estamos a passar por causa do desemprego. Vós sabeis também, bom José, com quanta fé e esperança me aproximo de vós para pedir que intercedais por mim junto de Jesus, para que Ele me abra uma porta e me prepare um emprego para que, através de um trabalho digno, eu possa oferecer à minha família "o pão nosso de cada dia", tal como vós fizestes com a vossa família de Nazaré.
Porque vós sois, São José, a minha única esperança de intercessão junto do vosso e meu Jesus; vós sois o meu meio para chegar a Ele e dizer-Lhe: "Jesus eu Vos peço que me concedais a força e a confiança necessárias para sair da minha casa à procura deste trabalho que tanto necessito, com a certeza de que o Vosso favor tornará possível a minha entrada num emprego, segundo a Vossa vontade".
Confiado na vossa poderosa intercessão, eu vos agradeço de todo o coração, ó meu bom São José, tudo o que vos digneis fazer em meu favor.
"Jesus misericordioso, abri-me uma porta e concedei-me esta graça por intercessão do Vosso e meu pai adotivo São José". Ámen.

sexta-feira, 9 de maio de 2014

Consagração a São José

Glorioso São José, eu vos amo e bendigo em união com Jesus e Maria. Ó Pai adoptivo do Filho de Deus, vós sois digno de ser louvado, venerado e invocado com especial amor e confiança, pelo primor de vossas virtudes, pela eminencia de vossa dignidade, pela grandeza de vossa glória, e pelo poder de vossa intercessão. Na presença da Santíssima Trindade, perante Jesus vosso Filho adoptivo, e Maria, vossa Esposa imaculada e minha Mãe amorosissima, eu me consagro a vós, tomando-vos por meu pai, protector e advogado, junto a Jesus e Maria. Proponho, firmemente, nunca me esquecer de vós, honrar-vos todos os dias que Deus me conceder, e fazer quanto em mim estiver, para inspirar também a outros uma terna e sincera devoção para convosco. Dignai-vos, eu vos peço, ó glorioso São José, conceder-me vossa protecção especial, e admitir-me entre vossos mais fervorosos servos. Vigiai sobre mim em todos os perigos, e concedei-me o tesouro da pureza do coração. Em todas as minhas acções, trabalhos e sofrimentos assisti-me, favorecei-me junto a Jesus e Maria, e não me desampareis na hora da minha morte. Lembrai-vos, ó São José, que com tanta confiança me consagrei a vós, e rogai por mim, agora e sempre. Ámen.


quinta-feira, 8 de maio de 2014

Jaculatória

"Glorioso São José, sede vós mesmo meu diretor, meu guia, meu pai e meu modelo."


terça-feira, 6 de maio de 2014

Oração a São josé para obter graças

Oh Glorioso São José! Pai adotivo de Jesus e meu. Não permitais que em minha casa falte o pão, e fazei com que a vossa intercessão junto do meu Senhor me alcance as graças espirituais e temporais que vos peço.
(Peça-se a graça que se deseja conseguir).

Pai Nosso, Ave Maria e Glória.

Jaculatória

Glorioso São José, rogai por nós. Ámen.

terça-feira, 29 de abril de 2014

Preces ao Glorioso Patriarca São José

São José, esposo de Maria. Rogai por nós.

São José, pai adotivo de Jesus. Rogai...

São José, imagem de Deus Pai. Rogai...

São José, servidor fiel e prudente. Rogai...

São José, custódio da virgindade de Maria. Rogai...

São José, modelo de profundíssima humildade. Rogai...

São José, espelho puríssimo de virgindade. Rogai...

São José, vulcão aceso de caridade. Rogai...

São José, varão justo. Rogai...

São José, conhecedor do mistério da Encarnação. Rogai...

São José, constituído por Deus protetor do menino Jesus. Rogai...

São José, que tivesteis a Jesus menino submetido a vós. Rogai...

São José, admirador da sabedoria da vossa Esposa. Rogai...

São José, testemunha das belas ações de Jesus. Rogai...

São José, imitador do grande silêncio de Jesus e de Maria. Rogai...

São José, que vivesteis ignorado dos homens. Rogai...

São José, que ocupais o primeiro lugar entre os Patriarcas. Rogai...

São José, que expirasteis nos braços de Jesus e de Maria. Rogai...

São José, que levasteis ao limbo a feliz nova da vinda de Cristo. Rogai...

São José, coroado no céu de glória imortal. Rogai...

São José, pai e consolador dos aflitos. Rogai...

São José, protetor dos pecadores arrependidos. Rogai...

São José, poderosíssimo para socorrer-nos. Rogai...

São José, pai dos pobres. Rogai...

São José, auxiliar poderosíssimo na hora da morte. Rogai...

São José, que suportasteis com paciência todos os trabalhos. Rogai...

São José, que padecesteis sete dores. Rogai...

Rogai por nós, glorioso São José.

Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Oração

Concedei-nos, Senhor, que nos aproveitemos dos méritos do Esposo de Vossa Santíssima Mãe, de modo que por sua intercessão alcancemos o que, sem ela, não é possível à nossa fragilidade. Vós que viveis e reinais pelos séculos dos séculos. Assim seja.

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Oração a São José para obter o bom acerto na escolha de um estado de vida

Glorioso São José, que tão dócil fostes à voz do Espírito Santo, alcançai-me benignamente a graça de conhecer a que estado Deus, em sua infinita sabedoria e bondade, me destinou. Não permitais, São José, que me engane nesta importante escolha, da qual depende toda a minha felicidade neste mundo, e talvez a minha eterna salvação. Fazei pois, glorioso protetor das almas, que, esclarecido a respeito da vontade divina, e fiel em segui-la, encontre no caminho que o Senhor me tem destinado com infinito amor, a bem-aventurança eterna.
Ámen.

Pai Nosso. Ave Maria. Glória ao Pai.


São José que amais o santíssimo Coração de Jesus, rogai por nós.

terça-feira, 15 de abril de 2014

Exercício pelos agonizantes

                                                                     I

Eterno Pai, pelo amor com que honrais a São José, por Vós escolhido entre os homens para Vos representar na terra, tende piedade de nós e dos pobres agonizantes.

Pai Nosso, Ave Maria e Glória ao Pai.

                                                                      II

Filho eterno de Deus Pai, pelo amor com que honrais a São José, vosso custódio fidelíssimo na terra, tende piedade de nós e dos pobres agonizantes.

Pai Nosso, Ave Maria e Glória ao Pai.

                                                                      III

Eterno e divino Espírito, pelo amor com que honrais a São José, o protetor desvelado da Santíssima Virgem, Vossa Esposa muito amada, tende piedade de nós e dos pobres agonizantes.

Pai Nosso, Ave Maria e Glória ao pai.

                                                                       (300 dias de indulgências)

quarta-feira, 9 de abril de 2014

Ajuda de São José

Conta o Padre Manuel Nogueira, sacerdote jesuíta português, falecido no Brasil, fervoroso devoto de São José:

"Estávamos no dia 11 de Fevereiro, festa de Nossa Senhora de Lourdes. Era uma dessas manhãs frias de Dublin (Irlanda), onde em 1949 me encontrava a estudar Teologia.
Acordei pelas cinco da manhã com o ruído de madeiras a estalar. Depressa ouvi gritar: Fogo! Fogo! Saltei da cama e, através da janela do meu quarto, contemplei estarrecido as chamas a devorarem o pavilhão pegado ao meu. Alguns companheiros tentavam fugir pelas janelas e pela escada de incêndios e até mesmo deslizando pelos canos das goteiras. Vesti-me apressadamente e abri a porta para sair. Mas, uma baforada de ar quente e asfixiante, obrigou-me a fechá-la imediatamente. Abri a janela. Morava no terceiro andar e, portanto, saltar era impossível. A única possibilidade de escapar era aventurar-me a atravessar o corredor saturado de fumo quente. Respirei o ar fresco da janela, tapei o nariz e corri pelo corredor até atingir as escadas.
Já fora de casa, no jardim que rodeava o seminário, é que compreendi verdadeiramente a intensidade do incêndio. Um edifício de três andares era devorado pelas chamas. Que enorme braseiro! As faúlhas incandescentes pareciam um repuxo de fogo na escuridão da noite. O crepitar das madeiras, o ruir dos soalhos, o estilhaçar dos vidros, tornavam a cena ainda mais horrível.
As chamas iam alastrando e já devoravam o quarto pegado ao meu. Afastei-me um pouco para nem ver o fogo consumir o que tinha deixado no meu quarto. Afligia-me, sobretudo, perder os apontamentos, fruto de tantas leituras e de tantos anos de estudo.
Sempre recorri a São José em todas as dificuldades. Também naquele momento me voltei para ele, pedindo-lhe que poupasse às chamas tudo quanto tinha ficado no meu quarto.
Quando, momentos depois, regressei ao local do fogo, vi que os bombeiros, sem que eu lhes tivesse feito qualquer pedido, acabam de mudar a direcção no ataque ao incêndio. Dirigiram as agulhetas precisamente para o meu quarto e com tão bom resultado, que conseguiram livrá-lo das chamas.
Quando, após o fogo, fui ver o meu quarto, pude sentir, ainda mais, a especial protecção de São José. Tinha ardido a porta, mas o quarto estava intacto, embora enegrecido pelo fumo. Tudo o resto se encontrava em bom estado, como eu tinha pedido a São José. Nada havia ardido.
Muitos dos meus companheiros, a começar pelo que vivia junto de mim, ficaram com os quartos inteiramente carbonizados.
Recordei então o que escreveu Santa Teresa de Jesus:
"Tomei por meu advogado e senhor o glorioso São José...Não me lembro de até agora lhe ter pedido coisa alguma, que ma deixasse de fazer. São espantosas as graças e mercês que Deus me concedeu por meio deste bem-aventurado santo, os perigos de que me livrou, tanto da alma como do corpo. Aos outros santos parece que lhes deu o Senhor a graça para socorrer nalguma necessidade particular; deste glorioso santo sei, por experiência, que socorre em todas".


(Texto publicado na Revista Cruzada de Março de 2014)

quarta-feira, 26 de março de 2014

Santa Teresa e São José

"Quisera subir à mais alta montanha para gritar a todos: Ide a São José! Jamais recorri a ele em vão."

(Palavras de Santa Teresa)


segunda-feira, 24 de março de 2014

Novena a São José

Oh! gloriosíssimo São José, que pela vossa ilibada pureza merecestes ser escolhido por Deus para esposo da mais pura das virgens e guarda da sua virgindade, pelos merecimentos de Jesus Cristo Nosso Senhor, alcançai-me o verdadeiro amor e uma constante devoção à Santíssima Virgem.

Pai Nosso, Ave Maria.

Oh! gloriosíssimo São José, que pela vossa ardentíssima caridade, merecestes que fossem confiados aos vossos cuidados o próprio Filho de Deus e a sua Mãe Santíssima, pelos merecimentos de Jesus, alcançai-me a graça de sempre praticar a virtude e combater o mal.

Pai Nosso, Ave Maria.

Oh! gloriosíssimo São José, que em prémio da fidelidade com que cumpristes o cargo de chefe da Sagrada Família, tivestes a sorte de morrer nos braços de Jesus e de Maria, alcançai-me a graça de viver fiel aos deveres do meu estado, e obtende-me a graça de (...dizer o pedido), de que tanto necessito.

Pai Nosso, Ave Maria.


quarta-feira, 19 de março de 2014

Pequeno Ofício de São José

Orações antes do Ofício.

Pai Nosso, etc.

Eu vos saúdo, José,
cheio de graça; Jesus e
Maria são convosco, bendito sois
vós entre todos os homens, e 
bendito é Jesus, fruto do ventre da
vossa casta Esposa. São José,
pai nutrício de Jesus, esposo
da bem aventurada Virgem
Maria, rogai por nós, pobres 
pecadores, agora e na 
hora da nossa morte. Assim seja.

Às Matinas.

v. Senhor, Vós abrireis 
os meus lábios.
r. E a minha boca anunciará
o Vosso louvor.
v. Ó Deus, vinde em meu
socorro.
r. Senhor, apressai-vos a
socorrer-me.

Glória ao Pai,etc.

Hino.

Eu vos saúdo, pai do meu
Salvador; eu vos saúdo, guardião do
Redentor, amável São
José; eu vos saúdo, esposo da
Mãe de Deus; eu vos saúdo, hospedeiro
do meu Jesus; eu vos saúdo,
admirável José.


Preces ante officium.

Pater noster, etc.

Ave, Joseph, gratia plene;
Jesu et Mariae tecum;
benedictus tu in omnibus
hominibus, et benedictus
fructus sponsae tuae, Jesu.
Sancte Joseph, pater nutritie
Jesu, et beatae Virginis Mariae
sponse, ora pro nobis
peccatoribus, nunc et in ora
mortis nostrae. Amen.

Ad Matutinum.

v. Domine, labia mea
aperies.
r. Et os meum annuntiabit
laudem tuam.
v. Deus, in adjutorium
meum intende.
r. Domine, ad adjuvandum
me festina.

Gloria Patri, etc.

Hymnus.

Salve, pater Salvatoris,
Salve, custos Redemptoris,
Joseph ter amabilis.
Salve, sponse matris Dei,
salve, hospes Jesu mei,
Joseph ter mirabilis. 

terça-feira, 18 de março de 2014

Ladainha de São José

Senhor, tende piedade de nós. (Repete-se)
Jesus Cristo, tende piedade de nós. (Repete-se)
Senhor, tende piedade de nós. (Repete-se)
Jesus Cristo, ouvi-nos. (Repete-se)
Jesus Cristo, atendei-nos. (Repete-se)

Pai Celeste que sois Deus, tende piedade de nós.
Filho Redentor do mundo, que sois Deus, tende piedade de nós.
Espírito Santo que sois Deus, tende piedade de nós.
Santíssima Trindade, que sois um só Deus, tende piedade de nós.

Santa Maria, rogai por nós.

São José,
Ilustre filho de David,
Luz dos Patriarcas,
Esposo da Mãe de Deus,
Castíssimo guardião da Virgem,
Sustentador do Filho de Deus,
Zeloso defensor de Jesus,
Chefe da Sagrada Família,
José justíssimo,
José castíssimo,
José prudentíssimo,
José fortíssimo,
José obedientíssimo,
José fidelíssimo,
Espelho de paciência,
Amante da pobreza,
Modelo dos trabalhadores,
Honra da vida de família,
Guarda das virgens,
Amparo das famílias,
Consolação dos infelizes,
Esperança dos doentes,
Patrono dos moribundos,
Terror dos demónios,
Protetor da Santa Igreja,

Cordeiro de Deus que tirais os pecados do mundo, perdoai-nos Senhor.
Cordeiro de Deus que tirais os pecados do mundo, ouvi-nos Senhor.
Cordeiro de Deus que tirais os pecados do mundo, tende piedade de nós Senhor.

V/ Ele o constituiu senhor da sua casa.
R/ E o fez príncipe de todos os seus bens.

Oremos: Ó Deus, que por inefável Providência Vos dignastes escolher a São José por esposo de Vossa Mãe Santíssima; concedei-nos, nós Vos pedimos, que mereçamos ter por intercessor no céu, aquele que veneramos na terra como protetor. Vós que viveis e reinais por todos os séculos dos séculos. Amém.

sexta-feira, 14 de março de 2014

"Anuncia a aurora o dia"

Anuncia a aurora o dia,
chama todos ao trabalho;
como outrora em Nazaré,
já se escutam serra e malho.
Salve, ó chefe de família!

Que mistério tão profundo
ver que ensinas teu oficio
a quem fez e salva o mundo!

Habitando agora o alto
com a esposa e o Salvador,
vem e assiste aqui na terra
todo o pobre e sofredor!

Ganhe o pobre um bom salário,
e feliz seja em seu lar;
gozem todos de saúde,
com modéstia e bem-estar.

São José, roga por nós
à Trindade que é um só Deus;
encaminha os nossos passos,
guia a todos para os céus!

Ámen.

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

São José, meu amigo

José, chamam-te o justo, o carpinteiro, o silencioso;
eu, eu quero chamar-te "meu amigo".
Com Jesus, teu filho e meu Salvador, 
e com Maria, tua esposa e minha Mãe,
também tu tens lugar no meu coração, 
também tu tens lugar na minha vida.

A tua presença no meu caminho,
é tão discreta como o teu silêncio;
mas eu reconheço bem o teu olhar atento,
o teu coração disponível,
a tua mão estendida.
Toma a minha mão e guia-me,
quando a sombra e a noite tornam os meus passos incertos.

Tu que trouxeste o Senhor, tu que o encontraste, diz-me onde Ele está.
Diz-me onde Ele está, quando as dificuldades e o sofrimento são o pão de cada dia.
Diz-me onde Ele está, quando a esperança alenta a minha coragem e me convida a avançar com mais ânimo.
Diz-me onde Ele está, quando vêm junto de mim em busca de conforto, amizade e alegria.

José meu amigo,
tu que caminhaste por entre os raios e as sombras,
ensina-me a encontrar o Senhor cada dia na minha vida.
Tu, o testemunho atónito da ação do Espírito,
ajuda-me a reconhecer as suas maravilhas e a ser-lhe submisso.
Mantém bem abertos o meu coração e as minhas mãos.
Ámen.

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...